• TELEVENDAS: (31) 3224-0643

Sócrates e Platão

Mais Imagens

Sócrates e Platão
Preço: de R$29,80 Special Price por R$26,82

Sócrates e Platão - José Carlos Leal 

Produto sem estoque
Estimativa de envio

Insira o seu destino para obter uma estimativa de envio.

Descrição

Detalhes

Formato: 14 x 21
Páginas: 192
ISBN: 9788563964588
Peso: 0.200 kg

 

Em O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec diz que Sócrates e Platão foram os precursores do Espiritismo; e em Sócrates e Platão abordaremos estas duas figuras magnas do pensamento ocidental e suas relações com a Doutrina Espírita.

 

Sócrates era sem sombra de dúvida um espírito missionário pertencente à equipe de Jesus Cristo, sua tarefa principal foi a de levar para o pensamento helênico a moral do Cristo, naturalmente, adequada ao contexto da época e da civilização grega.

 

Outro fato que veremos no livro é a mediunidade de Sócrates, que se manifestano seu dia a dia por meio de seu espírito protetor, o seu "demônio" (espírito desencarnado) como ele dizia.

 

Quanto a Platão, vamos ter a oportunidade de conhecer neste livro um pouco mais de sua filosofia. Platão nos seus diálogos, defende abertamente a reencarnação e a mediunidade, que aparece principalmente em um diálogo chamado Íon, que trata do poeta como médium das musas.

 

Platão prosseguiu a moral Socrática e contribuiu para que a filososfia relacionasse o nosso comportamento ético com a a nossa desencarnação. A descrição que ele fez da morte de Sócrates é uma prova cabal de que o homem justo não deve nem pode temer a morte.

 

Informação Adicional
Autor
JOSÉ CARLOS LEAL
Editora
NOVO SER
Assunto
Filosófico
Descrição

Formato: 14 x 21
Páginas: 192
ISBN: 9788563964588
Peso: 0.200 kg

 

Em O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec diz que Sócrates e Platão foram os precursores do Espiritismo; e em Sócrates e Platão abordaremos estas duas figuras magnas do pensamento ocidental e suas relações com a Doutrina Espírita.

 

Sócrates era sem sombra de dúvida um espírito missionário pertencente à equipe de Jesus Cristo, sua tarefa principal foi a de levar para o pensamento helênico a moral do Cristo, naturalmente, adequada ao contexto da época e da civilização grega.

 

Outro fato que veremos no livro é a mediunidade de Sócrates, que se manifestano seu dia a dia por meio de seu espírito protetor, o seu "demônio" (espírito desencarnado) como ele dizia.

 

Quanto a Platão, vamos ter a oportunidade de conhecer neste livro um pouco mais de sua filosofia. Platão nos seus diálogos, defende abertamente a reencarnação e a mediunidade, que aparece principalmente em um diálogo chamado Íon, que trata do poeta como médium das musas.

 

Platão prosseguiu a moral Socrática e contribuiu para que a filososfia relacionasse o nosso comportamento ético com a a nossa desencarnação. A descrição que ele fez da morte de Sócrates é uma prova cabal de que o homem justo não deve nem pode temer a morte.

 

Análises

Tags do Produto

Use espaços para separar as Tags. E aspas simples (') para frases.