• TELEVENDAS: (31) 3224-0643

DVD - Bom Ânimo

Mais Imagens

DVD - Bom Ânimo
Preço: de R$25,00 Special Price por R$22,50

Dvd  Bom Ânimo - Chico Xavier + Humberto de Campos + Haroldo Dutra Dias 

Estimativa de envio

Insira o seu destino para obter uma estimativa de envio.

Descrição

Detalhes

Formato:  13,50 x 18,50
Minutagem:  60
Cod. De Barra:  7898928410833
Peso:  0.110 kg

No capítulo 8 de Boa Nova, psicografado por Chico Xavier, Humberto de Campos retrata o apóstolo Bartolomeu, envolvido em angústias comuns a muitos de nós: a incompreensão, o insucesso material e profissional, a partida de quem se ama. Jesus, perantea tristeza do discípulo, exerce com brilhantismo seu ofício conjugado de pastor de almas, educador espiritual e psicólogo. O Mestre tece para o apóstolo, gradualmente, um roteiro de alegria, coragem e esperança como virtudes resultantes da transformação íntima de quem conhece o Evangelho e assume, por meio dele, a convicção de que o Reino de Deus, mais do que uma promessa para o além, é uma potencialidade a ser vivenciada no aqui e no agora. Analisando a passagem, Haroldo Dutra Dias ressalta a importância de aprendermos a ver e ouvir as inúmeras dádivas divinas que margeiam o nosso caminho e que não sabemos aproveitar. A razão dessa cegueira e dessa surdez espiritual, de que padecia Bartolomeu, tributa-se à rebeldia humana de, por vaidade eegoísmo, antepor vontades imperfeitas aos desígnios de Deus.

 

Informação Adicional
Autor
CHICO XAVIER | HUMBERTO DE CAMPOS | HAROLDO DUTRA DIAS
Editora
SER PRODUÇÕES
Assunto
Palestra
Descrição

Formato:  13,50 x 18,50
Minutagem:  60
Cod. De Barra:  7898928410833
Peso:  0.110 kg

No capítulo 8 de Boa Nova, psicografado por Chico Xavier, Humberto de Campos retrata o apóstolo Bartolomeu, envolvido em angústias comuns a muitos de nós: a incompreensão, o insucesso material e profissional, a partida de quem se ama. Jesus, perantea tristeza do discípulo, exerce com brilhantismo seu ofício conjugado de pastor de almas, educador espiritual e psicólogo. O Mestre tece para o apóstolo, gradualmente, um roteiro de alegria, coragem e esperança como virtudes resultantes da transformação íntima de quem conhece o Evangelho e assume, por meio dele, a convicção de que o Reino de Deus, mais do que uma promessa para o além, é uma potencialidade a ser vivenciada no aqui e no agora. Analisando a passagem, Haroldo Dutra Dias ressalta a importância de aprendermos a ver e ouvir as inúmeras dádivas divinas que margeiam o nosso caminho e que não sabemos aproveitar. A razão dessa cegueira e dessa surdez espiritual, de que padecia Bartolomeu, tributa-se à rebeldia humana de, por vaidade eegoísmo, antepor vontades imperfeitas aos desígnios de Deus.

 

Análises

Tags do Produto

Use espaços para separar as Tags. E aspas simples (') para frases.